Ver programação
WhatsApp

12 9 9147.9469

São Jose dos Campos- SP
Redes sociais para turbinar os negócios e driblar a crise - Alternativa Fm

Economia

19/04/2016 às 08h55 - Atualizada em 19/04/2016 às 08h55

Redes sociais para turbinar os negócios e driblar a crise

administrador
São Paulo - SP

A cabeleireira Amanda Latrova, de São José dos Campos, que paga uma empresa para abastecer a fanpage

Em tempos de crise, as redes sociais podem ser aliadas importantes para quem quer incrementar o negócio ou arrumar uma renda extra.

As dicas para ser bem sucedido no universo virtual (e ter lucros bem reais) vão desde tirar boas fotos do seu produto, fazer posts com palavras chaves e frases de impacto para gerar curiosidade dos possíveis compradores.

Segundo o professor do Senac de Taubaté, Marcelo Cirino, é importante que os vendedores informais pensem em horários estratégicos para anunciar a venda do produto ou serviço.

“Se for venda de um bolo, por exemplo, é legal que a pessoa faça essa publicação do seu produto na hora do almoço, momento em que as pessoas estão com fome e pegam seus smartphones para se distrair e podem ficar com vontade de comer o seu produto”, afirmou Marcelo.

Online. Um caso é a da cabeleireira Amanda Latrova, que faz um investimento em uma empresa que abastece a fanpage do seu estúdio e atrai clientes novas. “Todas as minhas clientes novas vieram do Facebook, tenho bastante retorno com essa ferramenta”, afirmou Amanda.

Do outro lado das telas das redes sociais, está Gabriel Brunieri, técnico em multimídia e publicitário, que é contratado pelas empresas para fazer as publicações.

“Hoje eu tenho 10 clientes e faço a gestão das páginas de oito deles e tem sempre uma boa aceitação e se cria uma relação com esse público”, afirmou o publicitário.

Nova rede. Em Taubaté um grupo de jovens foi além: criou a própria rede social. Foi com a invenção da Dreampper que Felipe Santana utilizou a ideia do seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) para a criação da rede e está participando de uma competição internacional, a Imagine Cup, para receber investimentos da Microsoft.

Com uma equipe de mais quatro amigos, a nova rede consiste em páginas únicas entretenimento, como séries, filmes, games e livros, que são abastecidos pelos próprios usuários, além de ter funções básicas do Faceebok, como postar fotos.

A organização é um dos princípios da nova rede segundo seu criador, Felipe Santana.
“No atual Facebook tudo se perde muito rápido, para achar algo você tem que ficar rolando a timeline, isso nós mudamos com essa nova organização de páginas e perfil”, afirmou Felipe.

Por Bruna Soares

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 87 VEZES

Comentários

Veja também

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados