Ver programação
WhatsApp

12 9 9147.9469

São Jose dos Campos- SP
Hospital Municipal realiza ação de prevenção de atropelamento - Alternativa Fm

Brasil

20/06/2018 às 11h47 - Atualizada em 20/06/2018 às 19h00

Hospital Municipal realiza ação de prevenção de atropelamento

administrador
São Paulo - SP

Hospital Municipal realiza ação de prevenção de atropelamento

A Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Saúde e do Hospital Municipal, realizou na manhã desta quarta-feira (20), uma ação de prevenção de atropelamento, sobretudo envolvendo idosos. A iniciativa faz parte da campanha “Viver a Melhor Idade sem Traumas”, lançada no ano passado com o objetivo de orientar sobre os cuidados para evitar acidentes e viver melhor.

Profissionais da equipe médica do ambulatório de ortopedia do Hospital Municipal, com apoio de agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana, abordaram cerca de 200 motoristas e pedestres na rua em frente ao HM e entregaram adesivos com os dizeres “Eu Paro na Faixa de Pedestre – Mantenha a Distância”.

A iniciativa foi da equipe de ortopedia do hospital, após constatar que os idosos são as maiores vítimas de atropelamentos registrados na faixa de pedestres. Foram confeccionados 5.000 adesivos, que também são entregues aos pacientes atendidos no ambulatório de ortopedia do HM.

“Conversando com os idosos, observamos que os motoristas não têm o hábito de parar na faixa de pedestres. Diante disso, decidimos iniciar essa campanha preventiva e educativa para tentar criar uma conscientização junto aos motoristas”, disse a médica Laís Pinheiro, coordenadora do serviço de ortopedia e traumatologia do HM.

A médica lembra que, com o avanço da idade, as pessoas sofrem com a perda de massa muscular, dificultando ações do dia a dia consideradas simples na juventude. “Com o passar dos anos, perdemos força e nossos reflexos vão diminuindo. Os idosos têm mais dificuldades de atravessar a faixa de pedestres e os carros estão cada vez mais rápidos. Se todos se conscientizassem desta realidade, evitaríamos muitos acidentes”.

Essa conscientização, segundo ela, precisa começar desde já, porque certamente vai ter um impacto significativo no futuro próximo. “Hoje, 13% da nossa população é idosa, mas em 2.050 serão 30%”, afirmou.

A taxa de mortalidade de vítimas de atropelamentos atendidas no Hospital Municipal, de todas as faixas etárias, é de 43%.

A campanha “Viver a Melhor Idades sem Traumas” também atua na prevenção de fraturas, com orientações e palestras em instituições de idosos, e consultas que visam prevenir a osteoporose e a queda, maiores responsáveis pela internação de pacientes idosos.

MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 950 VEZES

Comentários

Veja também

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados