Ver programação
WhatsApp

12 9 9147.9469

São Jose dos Campos- SP
Mutirão na zona rural vacina 2,2 mil contra febre amarela em São José dos Campos - Alternativa Fm

Brasil

22/01/2018 às 09h27 - Atualizada em 22/01/2018 às 14h20

Mutirão na zona rural vacina 2,2 mil contra febre amarela em São José dos Campos

administrador
São Paulo - SP

Mutirão na zona rural vacina 2,2 mil contra febre amarela em São José dos Campos

Doses aplicadas são de lote de cinco mil doses encaminhadas pelo governo estadual para imunização de pessoas na zona rural da cidade.

A Prefeitura de São José dos Campos vacinou 2,2 mil pessoas contra febre amarela durante o mutirão na zona rural neste sábado (20). A ação teve como foco os moradores da zona norte da cidade e de São Francisco Xavier. Segundo o Governo Estadual por estarem em áreas próximos a mata os moradores correm maior risco de contaminação.

As doses aplicadas fazem parte do lote de 5 mil vacinas encaminhadas pelo governo estadual na sexta-feira (19). A prefeitura colocou equipes volantes para a vacinação nos bairros Buquirinha, onde foram vacinadas 1.141 pessoas e no bairro Boncuesso, onde foram aplicadas 180 doses. Na sexta, 600 pessoas dessas áreas já haviam sido vacinadas.

No início da manhã houve fila e as ruas de acesso ao bairro Buquirinha estavam congestionadas com moradores em busca da vacina.

Mutirão na zona rural vacina 2,2 mil contra febre amarela em São José dos Campos

As doses também foram distribuídas na Unidade Básica de Saúde (UBS) do distrito de São Francisco Xavier que permaneceu aberto neste sábado. No local foram vacinadas 536 pessoas. A prefeitura também fez vacinação porta a porta, com 375 imunizações.

Neste domingo (21), a UBS do distrito vai permanecer aberta das 8h até às 17h para a vacinação.

As demais regiões da cidade também vão receber a imunização a partir da campanha estadual que começa na próxima quinta-feira (25) e segue até o dia 17 de fevereiro.


Casos
A cidade investiga dois casos suspeitos da doença, segundo a prefeitura, todos importados. Um deles é o caso de um jovem de 28 anos morador da zona sul da cidade que passou o ano novo em uma chácara em Mairiporã.

Ele foi hospitalizado no dia 8 de janeiro com sintomas da doença, mas não resistiu ao quadro grave da doença e morreu no dia 10 de janeiro.

Outro homem de 50 anos morador do bairro Aquarius está internado com sintoma da doença em um hospital particular da cidade. Ele também teria passado o ano novo em Mairiporã e voltou com sintomas da doença.

Nos dois casos, amostras foram encaminhadas ao Instituto Adolfo Lutz para confirmar o diagnóstico da doença. A prefeitura informou que os bairros de residência dos pacientes foram nebulizados.

Por G1 Vale do Paraíba e região
20/01/2018 19h07 Atualizado 21/01/2018 09h24

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 529 VEZES

Comentários

Veja também

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados