Ver programação
WhatsApp

12 9 9147.9469

São Jose dos Campos- SP
Campanha da Fraternidade 2016 é lançada no Santuário Nacional. - Alternativa Fm

Especiais

11/02/2016 às 10h15 - Atualizada em 11/02/2016 às 10h19

Campanha da Fraternidade 2016 é lançada no Santuário Nacional.

administrador
São Paulo - SP

Fiéis acompanharam o lançamento da campanha no Santuário (Foto: Reprodução/ TV Vanguarda)

O Santuário Nacional de Aparecida lançou a Campanha da Fraternidade 2016 para o Vale do Paraíba. O tema trabalhado neste ano é “Casa comum, nossa responsabilidade” e traz um debate sobre o saneamento básico no país. Mais de 14 mil devem visitar a basílica até o fim do dia.

A campanha tem como lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”. A proposta da ação é estimular na sociedade o conhecimento da realidade local deste serviço e incentivar o consumo responsável dos recursos naturais.

A missa do lançamento oficial na região teve início às 9h e foi presidida pelo Dom Raymundo Damasceno Assis, cardeal arcebispo de Aparecida e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). “Devemos empenharmo-nos à luz da fé, por políticas públicas e atitudes responsáveis que garantam a integridade e o futuro de nossa casa comum”, explicou o cardeal.

Pela quarta vez na história a Campanha da Fraternidade é ecumênica, realizada em parceria com o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic). O objetivo é unir diferentes expressões religiosas na discussão.

Saneamento básico

De acordo com um estudo feito pelo Instituto Trata Brasil em 2015, cerca de 35 milhões de brasileiros não recebem água tratada em casa e quase 100 milhões estão excluídos do sistema de coleta e tratamento de esgoto.
Em São José dos Campos, o levantamento apontou que cerca de 38 mil pessoas sofrem sem esses serviços. O número representa cerca de 5% da população da cidade, que vive em um total de 145 áreas irregulares.

Campanha da Fraternidade

Desde 1964 a campanha é realizada no Brasil. Normalmente ela é iniciada na quarta-feira de cinzas, dia que marca o início da quaresma no calendário cristão. A CNBB aproveita esse período de reflexão para despertar a atenção dos fiéis para problemas da sociedade.

A cada ano um tema novo é apresentado pela igreja. Os danos ambientais causados pelo homem, inclusive, já foram foco da campanha em 2004, que falava da água no planeta, e em 2011, quando o assunto era as formas de vida na Terra. Por G1 Vale do Paraíba e Região

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 179 VEZES

Comentários

Veja também

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados